Foto: Tuerê



Ocorreu um erro neste gadget

NOTAS SOBRE:


"A maior necessidade do mundo é a de homens; homens que não se comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus" - Ellen G. White.



quinta-feira, 18 de julho de 2013

MIX MATEUS FUNCIONA EM FOGO BRANDO


A greve dos trabalhadores do Grupo Mateus, em Marabá, chegou ao fim nesta quinta-feira (18/07), mas boa parte dos grevistas não foi trabalhar. No Mix Mateus, loja atacadista e varejista do núcleo Cidade Nova, dos 35 caixas, pouco mais da metade estava funcionando. O próprio Ilson Mateus, empresário dono do empreendimento que, diga-se de passagem, foi inaugurado há apenas três meses na cidade, circulava hoje (18/07) à tarde entre os clientes no ambiente da loja, enquanto o serviço de som do Mix pedia desculpas e a compreensão do público nas filas, intensificadas por conta dos poucos funcionários.
POSITIVO - Segundo consta, os grevistas conseguiram, como fruto de suas reivindicações: reajuste salarial, plano de saúde, cesta básica, 180 dias de estabilidade, redução da jornada de trabalho e ainda a garantia de que não serão descontados os dias de greve.
NEGATIVO - Da parte dos trabalhadores, ficou o compromisso de voltar ao trabalho imediatamente após a assinatura do acordo, mas, pelo visto, não foi o que aconteceu.
Se é verdade que os faltosos ao trabalho na tarde de hoje foram justamente aqueles que assinaram o acordo nesta quinta
-feira, tem-se que admitir que os trabalhadores já começaram mal, pois quem não cumpre compromisso pactuado não pode vindicar o direito de fazer exigências.
Aliás, é bom que se diga que a greve no Grupo Mateus, deflagrada na última segunda-feira (15/07), foi criticada por alguns setores, sobretudo o empresarial, que a considerou desnecessária. Manifestando sobre o assunto na Imprensa local, o presidente do Sindicom (Sindicato do Comércio de Marabá), Paulo Carvalho, considerou que a atitude pode ter um reflexo muito negativo e afugentar outros empreendedores que, porventura, estejam pensando em investir na cidade.

terça-feira, 16 de julho de 2013

CELEBRIDADES ANTES E DEPOIS DAS DROGAS

O conteúdo do post aqui eu extraí do site  http://www.adsclick.com.br/?id=A50125CD. Causou-me impressão, por isso eu o reproduzo aqui.

Que as drogas não fazem nenhum bem à saúde, todo mundo já sabe, mas às vezes é preciso mais do que apenas dizer que elas não fazem, é necessário também mostrar o que elas podem fazer em alguém; mas não pensem que apenas uma parte da população é afetada por elas, muito pelo contrário, celebridades também são algumas que não são imunes às drogas.
É por isso que no post de hoje nós mostraremos o resultado horrendo que algumas drogas fizeram em algumas das celebridades que temos pelo mundo, além disso, esperamos também conscientizar cada um de que droga é coisa séria, e que é melhor ficar longe delas!

Confira algumas imagens que comprovam isso:

Kate Moss
111

Macaulay Culkin
mcbeforeandafter

Lindsay Lohan
lindsay-lohan-before-and-after-plastic-surgery

Amy Winehouse
amywinehouse-beforedrugs

Amanda Bynes
Amanda Bynes Pictures8

sexta-feira, 12 de julho de 2013

REMO CONDENADO

Se o quadro do Remo já não era lá essas coisas, por uma série de circunstâncias, agora ficou ainda pior. O clube paraense de futebol acaba de ser punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), tendo como consequência o pagamento de multa de R$ 20 mil e, o mais grave, a exclusão de competições organizadas pela CBF. A punição ocorreu por decisão unânime da Quarta Comissão Disciplinar do STJD, que reuniu-se nesta sexta-feira (12/07) para julgar denúncia formalizada pelo procurador da CBF, Alessandro Kioshi.
Foi uma ação movida por um torcedor remista, Wendell Souza, contra a Confederação Brasileira de Futebol, que resultou na punição do clube paraense.
Wendell acionou a Justiça Comum, alegando que houve desrespeito ao Estatuto do Torcedor na entrada do Genus, representande de Rondônia, na Série D, já que a confirmação da participação do time rondoniense se deu a menos de 30 dias do início da competição. O caso resultou em liminar a favor do torcedor, que suspendeu os jogos do Genus na Série D, mas culminou com a punição do Azulão por violação do Artigo 231 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, o qual proíbe o acionamento da Justiça Comum sem que tenham se esgotado todos os recursos na Justiça Desportiva.
À decisão do STJD ainda cabe recurso.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

LEONILDO ROCHA: MARABÁ PERDE UM GRANDE HOMEM

Desde a madrugada desta quarta-feira (03/07), Marabá está de luto. Um dos seus mais ilustres filhos, o empresário Leonildo Rocha, ou Léo da Leolar, como era mais conhecido, depois de vários dias tentando vencer uma enfermidade, não resistiu e faleceu em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês, onde se encontrava internado.
O Pará perde um de seus mais aguerridos empresários. Um homem que, certamente, vai demorar muito ser esquecido, pelo que fez pelo desenvolvimento de Marabá e região.

Tive oportunidade de conversar com Léo uma única vez. Foi por volta de 1999. Eu estava fazendo uma matéria sobre o comércio em Marabá e o encontrei na loja da Leolar na Marabá Pioneira. Quando o abordei, dizendo que queria gravar com ele sobre o assunto, ele, àquela época barbudo, sorriu e meneou a cabeça, dizendo que não. Não quis insistir para não ser desagradável.

Somente tempos depois fiquei sabendo que o empresário não gostava de dar entrevistas. De fato, Léo sempre foi muito discreto. Jamais se preocupou com as luzes dos holofotes, embora em muitas situações ele as merecesse.

Uma das últimas lembrança que tenho do dono da Leolar é de cerca de três anos atrás. Aconteceu um evento no auditório da Secretaria Municipal de Saúde e ele foi convidado para proferir uma das palestras. Nunca imaginei que um homem tão tímido, como o Léo aparentemente era, fosse tão bom na arte de falar. Com seu jeito simples, sem a técnica dos grandes oradores, ele conseguiu arrebatar o público várias vezes, contando suas experiências como empresário, nos primeiros anos de empresa, quando ele ia pessoalmente fazer a entrega dos produtos que vendia.

Este homem simples, conseguiu causar uma revolução no jeito de fazer comércio em Marabá e região.

Ainda me recordo com saudades, de uma plaquinha que meu irmão utilizava em sua relojoaria, lá em Redenção, no início dos anos de 1990, com os dizeres "Fiado só na Leolar". O artefato foi uma grande sacada de marketing do Léo, lançada com a finalidade de difundir o nome de sua loja e atrair clientes.

Léo foi um grande empresário e um homem de prodigalidade rara, sempre que era demandado para atender apelos da sociedade. A Igreja Católica que o diga!

Fiquei muito consternado com a morte do Léo, embora não tivéssemos nenhuma intimidade. Torço para que sua esposa e seus filhos tenham, como ele, tino para os negócios, e tenham muita sabedoria para não permitir que aquilo que o grande empresário plantou nessa terra fique inviabilizado sem ele.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

ATRAÇÕES DE FÉRIAS NO SHOPPING

Sempre produtiva, a assessoria de comunicação do Shopping Pátio Marabá acaba de informar, via release, um pouco das atrações que vão tomar parte da grade de eventos daquele espaço de compras e entretenimentos. Abaixo o texto que nos foi enviado.

Férias na Terra do Nunca é só no Shopping Pátio Marabá

No mês de julho, Espaço Interativo Peter Pan invade a Praça de Eventos

Diversão, encanto e magia é o que o Shopping Pátio Marabá traz para as férias de julho. A praça de eventos, no piso L2, se transformará num verdadeiro mundo encantado, com o Espaço Interativo Peter Pan. De 02 a 31 de julho o ambiente será lugar de brincadeira e fantasia, com diversas atrações para crianças de 03 a 12 anos de idade.
A Terra do Nunca será retratada num amplo cenário do tema da história infantil. Ali, a criançada vai viver um verdadeiro conto de fadas. A aventura começa logo ao atravessar o portal de entrada, onde ficará um enorme navio pirata, em que acontecerão as atividades direcionadas, como o Cineminha no barco do capitão gancho, haverá também um espaço para leitura de historinhas com a personagem Wendy, piscina com mais de 20 mil bolinhas e, além disso, caça ao tesouro e tiro ao alvo.
Mas não para por aí. Como a Terra do Nunca é sempre surpreendente, será possível, ainda, se divertir jogando Playstation com os índios ou se transformar num personagem, no camarim das sereias, lugar em que as meninas poderão se maquiar. E, quem quer aproveitar ao máximo, terá a oportunidade de aprender a fazer origamis encantados com pó de pirlimpimpim junto com o Peter Pan e a Sininho.
As atividades serão iniciadas todos os dias, a partir das 12h e encerrarão às 20h, sendo cobrado um valor de R$ 5 por circuito de até 15 minutos.

MULHER DE NEGÓCIO 2013

O convite chegou à nossa caixa de e-mail em cima da hora, mas o reproduzo aqui, para conhecimento dos internautas, leitores do blog. Trata-se de evento na sede da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Mineração, Ciência e Tecnologia (Sicom), voltado para mulheres empreendedoras. Eis o seu inteiro teor:

CONVITE 
A SICOM convida para PALESTRA MULHER DE NEGÓCIOS 2013 Prêmio SEBRAE em parceria com SEBRAE Marabá. Mulheres empresárias de pequenos negócios,empreendedora individual,produtora rural e empreendedoras social de todos os setores da economia de Marabá.
Você é convidada especial Mulher que tem uma história de conquistas,de batalhas e superação, que pode contribuir muito no desenvolvimento do empreendedorismo de Marabá. PARTICIPE, conte e mostre sua história de sucesso . Vamos mostrar a força da mulher marabaense em destaque estadual e nacional.Todas estão convidadas,participe ou  e compartilhe com amigas/pessoas q vc conhecem q são empreendedoras. Hoje DIA 26/06 AS 19HS NA SEDE DA SICOM Fl.32 em frente ao Centro Adm.Prefeitura/SACI Nova Marabá.
Cordialmente,

Italo Ipojucan
Secretário Mun.Indústria Comércio,Mineração Ciência e Tecnologia

Alexsandro Rodrigues
Coordenador da SICOM

segunda-feira, 24 de junho de 2013

FUTEBOL NO SHOPPING

O blog acaba de receber e-mail da assessoria de comunicacão do Shopping Pátio Marabá que certamente vai agradar aos amantes do futebol.

Eis o teor da mensagem:

Shopping Pátio Marabá transmite jogos da Copa das Confederações

A torcida brasileira, apaixonada por futebol e pela seleção, agora tem uma nova opção para acompanhar os jogos da Copa das Confederações. No Shopping Pátio Marabá, agora é possível assistir a todas as partidas em um telão instalado na Praça de Alimentação (piso L4). De acordo com a administração do shopping, a iniciativa visa oferecer conforto e segurança aos clientes que quiserem torcer durante os jogos e reunir os amigos. As transmissões tiveram início no sábado (22/06), ocasião em que houve a vitória do Brasil por 4 x 2 contra a Itália. No domingo, foi transmitido a vitória da Espanha por 3 x 0 contra a Nigéria. Os eventos atraíram grande público e movimentaram o local. Os próximos jogos que poderão ser assistidos são Brasil x Uruguai, na quarta (26/06) à partir das 16h, e Itália x Espanha na quinta (27/06), também às 16h. No dia 30/06 (domingo), os clientes poderão acompanhar a disputa pelo quarto e terceiro lugar, às 13h, e a grande final, às 19hs. Todos estão convidados a fazer parte da “Torcida Shopping Pátio Marabá”. Enquanto acompanha aos jogos, o público pode apreciar as diversas opções de alimentação oferecidas, como Big Bull, BigXPicanha, Giraffas, Loly Balas, Parmeggio, Pop Pastel, Quiosque Chopp Brahma, Scada Café, Spoleto, Subway, além da mais recente operação de alimentação inaugurada no shopping, a Patroni Pizza. Inauguração O Pátio Marabá segue com mais novidades na área de alimentação. Trata-se da Patroni Pizza, inaugurada na noite do último sábado (22/06). A operação teve seu início no bairro do Paraíso, em São Paulo, no dia 22 de novembro 1984 no bairro do Paraíso, em São Paulo. De lá para cá, conquistou a preferência de seus clientes com a qualidade de seus produtos e um atendimento personalizado. A história da Patroni começou como uma visão de oportunidade em uma época em que o desemprego estava alarmante. O sistema de delivery ainda não era muito conhecido no Brasil e foi neste nicho que a Patroni Pizza apostou para iniciar sua operação. Rapidamente pedir pizza em casa se tornou um hábito do paulistano e, logo depois, do brasileiro. A praticidade de receber uma autêntica pizza artesanal dentro de casa, junto com a qualidade dos produtos conquistou uma clientela fiel. Os ingredientes usados são produzidos por marcas conceituadas no mercado. As massas das pizzas são feitas com base na tradicional receita napolitana, e as pizzas são confeccionadas artesanalmente, com as massas abertas à mão e na hora. Em pouco tempo a primeira loja da rede Patroni Pizza tornou-se líder na região de atuação. Visite a Patroni Pizza na Praça de Alimentação, localizada no piso L4.

CONCURSO DA CAIXA

Depois de quase seis meses sem chamar mais ninguém do Polo Marabá entre os aprovados no último concurso, realizado em meados do ano passado, a Caixa Econômica Federal, finalmente, voltou a fazer convocações, embora de forma ainda muito tímida. Neste mês de junho, o seu departamento pessoal resolveu chamar mais três aprovados.
 A última chamada havia acontecido ainda em janeiro. Agora subiu para 71 o número dos convocados, em um universo de 390 candidatos aprovados.
Pelas regras do edital, o concurso vai expirar mês que vem (julho), podendo ser prorrogado, a critério do banco, para mais um ano.

domingo, 16 de junho de 2013

MAURINO DECLARADO INELEGÍVEL

O ex-prefeito de Marabá, Maurino Magalhães de Lima, não poderá candidatar-se a nenhum cargo público pelos próximos oito anos. Ele está inelegível por determinação da Justiça Eleitoral.

Eis o teor da matéria sobre o assunto, publicada no Diário do Pará.

"Se o ex-prefeito de Marabá, Maurino Magalhães, tinha alguma intenção de voltar à vida pública, ele pode esquecer, ao menos pelos próximos oito anos. Maurino foi condenado pela juíza Danielle Karen da Silveira Araújo Leite, da 23ª Zona Eleitoral, e não poderá se candidatar a cargo eletivo pelos próximos oito anos. A sentença foi publicada ontem. A decisão foi em primeira instância, por isso Maurino ainda pode recorrer. 

Alvo de tantas acusações, Maurino acabou condenado por ter concedido aumento salarial aos servidores da Educação, o que à primeira vista seria algo legal. O problema é que o reajuste de 10% foi dado apenas para a Educação e fora do prazo de 180 dias antes da eleição de 2012, como prevê a lei eleitoral. Desse modo, para a Justiça, “caracterizou-se de abuso de poder político a fim de obter vantagem nas eleições municipais”.
A juíza Danielle Karen observa que, além do aumento ter sido dado fora do prazo, os outros trabalhadores municipais não tiveram o mesmo tratamento, mas somente 2.139 servidores gratificados. Ela reafirma: “Ao meu olhar, configura-se inegável abuso de poder de autoridade, influindo decisivamente na legalidade e legitimidade do pleito eleitoral”.
A magistrada diz que não discute a legalidade ou justiça da medida, mas a oportunidade em que adotada, o que, para ela, representa uso de ato administrativo para fins de beneficiar sua própria candidatura, por isso, “o ato, que em princípio seria legal, deixou de sê-lo, pois não visou beneficiar a população, mas sim obter efeitos eleitorais”.
“No caso dos autos, o aumento e as outras benesses concedidas aos servidores talvez fossem realmente justas, mas a pergunta que se apresenta é por que deixar para concedê-los em momento tão próximo à eleição?”, questiona a juíza.
A decisão de Danielle Karen atingiu também a então candidata a vice na chapa de Maurino Magalhães no pleito de 2012, Edna Lusia de Souza Costa. Além disso, a juíza determinou a cassação do registro de candidatura de Maurino e de Edna. Ou seja, mesmo que Maurino tivesse sido reeleito – o que andou longe de acontecer – ele provavelmente também seria cassado.
A reportagem tentou, mas não conseguiu contato com o ex-prefeito de Marabá".

domingo, 2 de junho de 2013

JUSTIÇA NO FUTEBOL PARAENSE

Até que enfim! A Justiça Desportiva deu um basta na proposta insana ensaiada pelos cartolas do Clube do Remo, que queriam levar mais uma vez a vaga da série D no tapetão. Foi pras cucuias a famigerada articulação, engendrada com o objetivo de colocar no topo a tal "elite do futebol paraense", em detrimento dos pobres clubes do interior.

Veja o que saiu em O Liberal (reproduzido no Quaradouro, de Ademir Braz):

Remo, de novo, fora de série

O Remo está fora da Série D do Campeonato Brasileiro. Depois de três semanas de muita especulação, durante as quais a diretoria do clube se esforçou para tentar compensar o fracasso nos gramados com movimentações extracampo e até uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o sonho de garantir o calendário para o segundo semestre caiu definitivamente por terra. Repetindo o que fez o Naútico-RR no início da semana, os clubes de Rondônia (Vilhena e Pimentense) confirmaram interesse em assumir a vaga na competição nacional.
Praticamente ao mesmo tempo, o presidente do STJD, Flávio Zveiter, finalmente se manifestou a respeito do Mandado de Garantia impetrado pelo Remo. E o magistrado decidiu indeferir o pedido do clube azulino, mantendo o Paragominas como representante paraense na Quarta Divisão.

O Leão Azul queria a vaga na Série D sob o argumento de que foi o clube com melhor campanha no Parazão entre aqueles que não tinham vaga assegurada em outras séries do Brasileiro. Os remistas alegavam que o regulamento do Parazão 2013 é dúbio em relação aos critérios que definem o representante do estado no certame nacional. No entanto, Flávio Zveiter negou provimento ao Mandado de Garantia e determinou o arquivamento do processo. "O Remo pleiteava a vaga do Paragominas na Série D alegando que somou mais pontos nos dois turnos. Porém, pelo regulamento, a vaga é do campeão e como o Paysandu está na Série B, automaticamente fica com o vice-campeão, que é o Paragominas. Por isso, foi indeferido o pedido do Remo e a vaga efetivamente é do vice-campeão", esclareceu Zveiter, em entrevista ao Globoesporte.com. (O Liberal).

quarta-feira, 22 de maio de 2013

VERGONHA NO FUTEBOL PARAENSE

 QUEM DÁ NOTÍCIAS DO DESAFORO É O HIROSHI BOGÉA ON LINE. PEDIMOS LICENÇA PARA PUBLICAR AQUI::
                                  – “Nada diz no estatuto e regulamento (do Campeonato) que o campeão do segundo turno (Paragominas) é o escolhido para a vaga. Então, vamos correr atrás disso. Queremos ver se até quinta-feira (amanhã) temos essa decisão para a gente fazer parte dessa Série D”.

A preciosidade acima saiu da boca de Zeca Pirão, vice-presidente do Remo, aventando a possibilidade de atuar politicamente, para tirar a vaga do Paragominas, em favor do Remo.
A preciosidade acima saiu da boca de Zeca Pirão, vice-presidente do Remo, aventando a possibilidade de atuar politicamente, para tirar a vaga do Paragominas, em favor do Remo.

——————

Atualização às 14:53

Confirma-se a safadeza arquitetada pela diretoria do Remo: os dejetos querem mesmo tirar o Paragominas, da Série D.
Pelo menos é que informa o site do Globo Esporte:

A diretoria do Remo vai entrar nesta quarta-feira com um Mandado de Garantia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, com o intuito de conseguir a vaga do Paragominas na Série D do Brasileiro. A informação foi confirmada pelo Dr. Osvaldo Sestário, que será o advogado do Leão na causa.
- Ainda não posso falar muito sobre o caso, mas entraremos com um mandado de garantia para tentar conseguir a vaga. No que diz respeito a classificação, o regulamento da margem para uma interpretação dúbia e, por isso, temos a possibilidade de conseguir.
Segundo o advogado, os azulinos devem receber uma resposta do Tribunal até quinta-feira.

EMPRESÁRIO SE MATA EM REDENÇÃO

O empresário João Oliveira Rocha, 54 anos, dono do Supermercado Riachuelo, em Redenção, pôs fim à própria vida na manhã desta quarta-feira (22/05). Depois de vários dias sofrendo com quadro de depressão, durante os quais vivia isolado do convívio de amigos e parentes, Rocha acabou se matando com um tiro na cabeça.


sexta-feira, 17 de maio de 2013

CORONEL QUER HINOS NAS ESCOLAS

Vereador Antônio Araújo, o Coronel Araújo, quer que escolas de Marabá adotem um costume dos tempos de antigamente, com o objetivo de "solidificar valores cívicos" entre os estudantes. Eis o que diz texto divulgado esta semana pela Assessoria de Comunicação da Câmara:

Nesta semana, o vice-presidente da Câmara Municipal de Marabá, vereador Antônio Araújo (PR) apresentou em Sessão Ordinária o Projeto de Lei nº 010/2013, que dispõe sobre a execução do Hino Nacional Brasileiro, do Estado e do Município de Marabá nas escolas da rede pública e privada deste Município.
Pelo projeto, as escolas da rede púbica e privada de ensino do município de Marabá promoverão cerimônias cívicas nas manhãs de segundas-feiras, que incluirão obrigatoriamente a execução dos hinos Nacional, Estadual, Municipal e o hasteamento das bandeiras Nacional, do Estado e do Município, por alunos e professores.
A sugestão do vereador Araújo é que os alunos representantes de turmas ficariam responsáveis pelo arriamento das bandeiras ao final das aulas do segundo turno. Não havendo representante de turma, a direção da escola ficaria incumbida de determinar o responsável pelo arriamento.
Um dos itens do Projeto de Lei diz que o município poderá firmar convênios com o Exército Brasileiro e a Guarda Municipal no intuito de instruir professores e alunos para realização dos atos oficiais de hasteamento e arriamento.
Na avaliação do vereador, a incorporação dessas cerimônias no dia a dia da escola torna-se ferramenta importante e indispensável quanto à solidificação de valores cívicos capazes de contribuir para a formação do cidadão. “A escola tem como um de seus objetivos desenvolver nos alunos, além dos valores cívicos, os valores éticos e morais. A inversão desses valores, que temos presenciado ultimamente, está ligada à ausência de atividades que despertem em nossas crianças e nossos jovens o amor pelos seus símbolos e pela sua pátria. Essa prática foi abandonada, e precisamos resgatá-la já”, adverte Coronel Araújo.

terça-feira, 14 de maio de 2013

CONHEÇA OS CONVOCADOS DE FELIPÃO

Abaixo, relação dos jogadores convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari para a Copa das Confederações no Brasil, a acontecer no próximo mês de junho:

Goleiros: Júlio Cesar (Queen Park Rangers), Diego Cavalieri (Fluminense) e Jefferson (Botafogo)
Zagueiros: Thiago Silva (PSG), Rever (Atlético-MG), David Luiz (Chelsea) e Dante (Bayern).
Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Jean (Fluminense), Marcelo (Real Madrid) e Filipe Luís (Atlético de Madrid).
Volantes: Fernando (Grêmio), Hernanes (Lazio), Luiz Gustavo (Bayern), Paulinho (Corinthians).
Meias: Jadson (São Paulo), Oscar (Chelsea) e Lucas (Paris Saint-Germain)
Atacantes: Hulk (Zenit), Bernard (Atlético-MG), Leandro Damião (Inter), Fred (Fluminense) e Neymar (Santos).

terça-feira, 7 de maio de 2013

SHOPPING PÁTIO MARABÁ

Na manhã desta terça-feira (07/05) era grande a correria de operários dando os últimos retoques para a inauguração do Shopping Pátio Marabá, programado para inaugurar sua primeira etapa no dia de hoje. Enquanto executivos se reuniam do lado de dentro e os primeiros visitantes começavam a aglomerar-se do lado de fora, por volta das 8 horas, operários corriam contra o relógio, limpando vidros, reparando com cimento uma peça de concreto no portão principal, ajustando os tapetes de grama na entrada e outros detalhes.
O shoping estava sendo aguardado com muita expectativa. Na cidade não se fala em outra coisa.
A inauguração da segunda etapá está prevista para o mês de dezembro.

CONCURSO DA CAIXA

A Caixa Econômica Federal entra, agora em maio, no quarto mês sem chamar mais ninguém dos aprovados no último concurso para o Polo Marabá. A última chamada aconteceu ainda em janeiro. Embora tenham sido aprovados 390 candidatos para a região, a CEF chamou desses apenas 68. E o concurso expira no mês de julho, podendo ser prorrogado, a critério do banco, para mais um ano.
A estacionada nas convocações intriga, uma vez que a Caixa está passando por considerável processo de expansão de seu número de agências e postos de atendimento na região. Em Marabá foram implantadas duas novas unidades no último ano, além da sede da Superintendência Regional e, segundo consta, a meta é dobrar até 2014 - elevando para 20 - o número de agências no polo. Os aprovados no último concurso continuam na expectativa.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

A VIDA É UM PÉ DE MANGA

Só pra descontrair, transcrevo aqui uma pérola da cultura popular nordestina: um ditado, como se diz por lá, cuja essência é mostrar que se a gente prega peças, no fundo, é a vida que caçoa de nós.

A vida é um pé de manga
Um dia eu mango de tu
No outro tu manga de mim
E ela manga de nós todo dia

sexta-feira, 26 de abril de 2013

PF PEDE QUEBRA DE SIGILO DO 'FAZ-TUDO' DE LULA

A Polícia Federal vai pedir a quebra do sigilo bancário de Freud Godoy, segurança e assessor pessoal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A medida faz parte do inquérito instaurado para desvendar o caminho percorrido pelos recursos distribuídos no esquema do mensalão e é também um desdobramento do depoimento prestado pelo empresário Marcos Valério Fernandes de Souza à Procuradoria-Geral da República em setembro do ano passado. Valério afirmou que o mensalão bancou despesas pessoais de Lula. O ex-presidente afirma que é mentira. Leia mais aqui.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

LUCRO DA VALE É DE US$ 4,2 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE

A Vale teve um sólido desempenho financeiro no primeiro trimestre de 2013 (1T13), com aumento sequencial do lucro operacional, margem operacional, lucro líquido e geração de caixa.
O lucro operacional, de US$ 4,2 bilhões, foi 41,4% maior do que no 4T12, e a margem operacional se elevou para 38,0%, 1.400 pontos base maior que no trimestre anterior. O lucro básico foi de US$ 3,2 bilhões, US$ 1,2 bilhão acima do trimestre anterior.
A geração de caixa, medida pelo EBITDA ajustado, foi 18,1% maior, alcançando US$ 5,2 bilhões, melhor desempenho em um primeiro trimestre, inferior apenas que o 1T11, quando os preços do minério de ferro, níquel e cobre chegaram a um pico na recuperação da Grande Recessão Global de 2008-2009. É importante ressaltar que do montante recebido de US$ 1,9 bilhão no 1T13 como parte da transação de gold streaming - que revelou valor não recebido dos nossos ativos de metais básicos - somente US$ 244 milhões foram contabilizados como EBITDA ajustado devido às regras contábeis.
A qualidade de nosso desempenho financeiro destacou-se pela melhoria dos custos e despesas. Os custos operacionais, assim como SG&A e outras despesas, foram significativamente reduzidos como resultado da implementação de uma série de iniciativas. Permanecemos fortemente comprometidos em reduzir os custos operacionais, SG&A e outras despesas.
Apesar do progresso alcançado, ainda há um longo caminho na reformulação de nossa estrutura de custos para que seja capaz de criar valor ao acionista através dos ciclos, atenuando a influência da volatilidade dos preços.
As operações de metais básicos estão sendo reestruturadas e os resultados começam a aparecer. As margens operacionais e a geração de caixa melhoraram consideravelmente e os três projetos em fase de ramp-up - VNC, Salobo e Lubambe - estão operando conforme o planejado. O ramp-up de Salobo e de VNC está refletido nas significativas reduções das despesas pré-operacionais e de capacidade ociosa. Além disso, a primeira revisão sobre VNC em 2013 nos deixa confiantes em sua viabilidade.
O 1T13, conforme relatado no nosso relatório de produção, caracterizou-se por forte desempenho operacional dos ativos de metais básicos, com cobre e cobalto atingindo níveis recordes de produção e níquel obtendo seu melhor desempenho em um primeiro trimestre desde 2009.
Mesmo diante da queda na produção, conseguimos manter os embarques de minério de ferro ligeiramente acima do nível do 1T12, usando nossa rede de distribuição global para utilizar estoques e continuar a maximizar nossa exposição à recuperação dos preços.
Os preços realizados do minério de ferro aumentaram, porém o acréscimo foi suavizado pela queda significativa dos preços de contratos baseados na média dos índices de preços do trimestre passado com um mês de defasagem.
Investimentos de capital e P&D somaram US$ 4,0 bilhões, 8,4% acima do 1T12 e em linha com os US$ 16,3 bilhões orçados para o ano. As despesas com P&D continuaram a cair, refletindo a disciplina na alocação de capital, nossa prioridade estratégica.
Um novo marco foi atingido na expansão das operações de minério de ferro em Carajás com a emissão da licença ambiental para operar as instalações portuárias do CLN 150, que foi estruturado para expandir a capacidade logística do Sistema Norte para 150 Mtpa de minério de ferro.
Em 30 de abril será paga a primeira parcela do dividendo mínimo anunciado em janeiro. Esse montante é de US$ 2,25 bilhões, equivalente a US$ 0,4366 por ação.
Os principais destaques do desempenho da Vale no 1T13 foram:
. Receita operacional de US$ 11,2 bilhões, diminuindo 10,7% em relação ao 4T12. A redução ocorreu principalmente em função do menor volume vendido.
. Lucro operacional, medido pelo EBIT(a) ajustado (lucros antes de juros e impostos), de US$ 4,2 bilhões, aumentando de um EBIT ajustado - excluindo os efeitos não caixa não recorrente - de US$ 2,9 bilhões no 4T12 e US$ 3,9 bilhões no 1T12.
. Margem operacional de 38,0%, medido pela margem EBIT ajustado.
. Lucro básico de US$ 3,2 bilhões, equivalente a US$ 0,62 por ação diluído, contra US$ 2,0 bilhões no 4T12, líquido de efeitos não caixa não recorrentes e US$ 3,6 bilhões no 1T12. Maiores pagamentos de impostos e menores variações monetárias e cambiais são as principais razões da queda do lucro básico em comparação com o 1T12, mais do que compensando o EBIT ajustado mais alto.
. Geração de caixa, medida pelo EBITDA ajustado(b) (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) - excluindo os efeitos não caixa não recorrentes - de US$ 5,2 bilhões, 18,2% acima do 4T12.
. Capex - excluindo aquisições - no 1T13 foi de US$ 4,0 bilhões, 8,4% maior que no 1T12.
. Investimentos em responsabilidade social corporativa alcançaram US$ 210 milhões, US$ 163 milhões destinados à proteção e conservação ambiental e US$ 47 milhões para projetos sociais.
. Manutenção de um sólido balanço, com baixa alavancagem, medida pela dívida bruta/LTM EBITDA ajustado, igual a 1,6x, longo prazo médio da dívida, 10,0 anos, e baixo custo médio, 4,6% ao ano, em 31 de março de 2013. (Fonte: Assessoria de Comunicação).