Foto: Tuerê



Ocorreu um erro neste gadget

NOTAS SOBRE:


"A maior necessidade do mundo é a de homens; homens que não se comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus" - Ellen G. White.



quarta-feira, 22 de maio de 2013

VERGONHA NO FUTEBOL PARAENSE

 QUEM DÁ NOTÍCIAS DO DESAFORO É O HIROSHI BOGÉA ON LINE. PEDIMOS LICENÇA PARA PUBLICAR AQUI::
                                  – “Nada diz no estatuto e regulamento (do Campeonato) que o campeão do segundo turno (Paragominas) é o escolhido para a vaga. Então, vamos correr atrás disso. Queremos ver se até quinta-feira (amanhã) temos essa decisão para a gente fazer parte dessa Série D”.

A preciosidade acima saiu da boca de Zeca Pirão, vice-presidente do Remo, aventando a possibilidade de atuar politicamente, para tirar a vaga do Paragominas, em favor do Remo.
A preciosidade acima saiu da boca de Zeca Pirão, vice-presidente do Remo, aventando a possibilidade de atuar politicamente, para tirar a vaga do Paragominas, em favor do Remo.

——————

Atualização às 14:53

Confirma-se a safadeza arquitetada pela diretoria do Remo: os dejetos querem mesmo tirar o Paragominas, da Série D.
Pelo menos é que informa o site do Globo Esporte:

A diretoria do Remo vai entrar nesta quarta-feira com um Mandado de Garantia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, com o intuito de conseguir a vaga do Paragominas na Série D do Brasileiro. A informação foi confirmada pelo Dr. Osvaldo Sestário, que será o advogado do Leão na causa.
- Ainda não posso falar muito sobre o caso, mas entraremos com um mandado de garantia para tentar conseguir a vaga. No que diz respeito a classificação, o regulamento da margem para uma interpretação dúbia e, por isso, temos a possibilidade de conseguir.
Segundo o advogado, os azulinos devem receber uma resposta do Tribunal até quinta-feira.

Nenhum comentário: