Foto: Tuerê



Ocorreu um erro neste gadget

NOTAS SOBRE:


"A maior necessidade do mundo é a de homens; homens que não se comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus" - Ellen G. White.



quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

BOAS-VINDAS A GERLIANE

A advogada Gerliane, titular do blog Meu Mundo e Tudo Mais... que também  é (segundo ela mesma): "mãe, amiga, esposa, dona de casa instrumento localizador dos objetos que o marido nunca encontra",acaba de entrar para a seleta lista de seguidores aqui do blog (48). A ela nossas boas-vindas.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

O BRASIL ESTÁ DE LUTO

Sem palavras. A tragédia ocorrida no Rio Grande do Sul nos deixou assim: emudecidos. É de todos os brasileiros a dor das famílias de Santa Maria (RS), especialmente daqueles que, como eu, tem filhos desabrochando para a vida em plena juventude.

VEJA ABAIXO A CARA DO HORROR ESTAMPADA EM JORNAIS DO BRASIL E DO MUNDO:


 ....................................................

 ....................................................

 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................


 ....................................................
  ....................................................
  ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................
 ....................................................


quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

CADEIA PARA MENSALEIROS DE MARABÁ

O advogado Valdinar Monteiro de Souza, assessor jurídico legislativo da Câmara Municipal de Marabá - uma das pessoas mais sérias que conheço - acaba de despachar sua sentença, aqui na caixa de comentários do blog, para os supostos vereadores mensaleiros de Marabá, caso fique comprovada a denúncia do prefeito João Salame, feita na semana passada. "Cadeia" neles!, conclama sem refresco doutor Valdinar.

Eis o que ele escreveu:

Meu caro Laércio Ribeiro:

Sem fazer juízo contra A ou B, quero dizer que tenho convicção de que há muitos bandidos disfarçados de autoridade no Brasil, e Marabá não foge à regra. Para mim, o mais condenável dos bandidos é o que se traveste de autoridade. Em ficando comprovado, punição! Cadeia e devolução ao combalido erário de tudo que foi recebido irregularmente. É o que podemos, como cidadãos e contribuintes, exigir e esperar.

Como eu sempre disse, há muitos bois voando sobre nossas cabeças e a gente pensa que são pombos.



segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

O PSOL E O GOVERNO JOÃO SALAME

Continua ainda tendo repercussão as postagens, feitas aqui, aqui, aqui e aqui no blog, sobre a postura do PSOL, em Marabá, com relação ao governo João Salame.

Publicamos a seguir o comentário de internautas e da executiva do partido sobre o assunto.


Que continue aberto o debate.


O QUE DISSE RIBAMAR RIBEIRO JÚNIOR:

Prezado Laécio,

Tenho um grande respeito por você e pelo seu trabalho, porém é necessário que algumas coisas fique clara com relação a nota do PSOL.

1- Foi aprovada por UNANIMIDADE em Plenária do partido onde tinha representantes de todas as correntes do partido;
2- Não há incoérência o posicionamento que o partido continuará tomando, a partir de 1º de janeiro com o Governo do Salame, o programa do PSOL não coaduna com o programa de coalizão do João (PT, PPS E PMDB);
3- Que o apoio dado por João ao Edmilson, foi questionado pela base do PSOL e de forma alguma não foi bem aceito pela militância do PSOL que não aceita apoios de liderança ligadas a o atual modelo de desenvolviento da Amazônia.

Portanto, o PSOL continuará firme, se posicionando e se apresentando à sociedade como uma alternativa.

...

Meu prezado,

Sou filiado ao PSOL desde de sua fundação, criamos um partido para ser alternativa de esquerda neste pais. Contra toda enganação que o PT fez!
Como membro deste partido apoiei a decisão UNANIME, de oposição ao governo do PPS/PT/PMDB de Marabá. Por que já sabíamos quem era seus aliados na composição do governo. O PSOL não comunga com a politica feita de "tomá-la dá cá".
Todas as nossas criticas são responsáveis,fundamentada e com credibilidade. Não somos daqueles que quanto pior, melhor! Tanto é que o blog Contraponto & Reflexão tem postado todas os comentários: elogios e criticas ao governo. No entanto, como filho de Marabá, militante político, não vou deixar minhas convicções apenas por ser um "início de governo", tanto é que a maioria dos vereadores que compõe este governo, foram omissos, os secretários deste governo - alguns foram do anterior.
Nossa posição tem sido firme, com respeito, mas não aceitando de guela abaixo que as coisas serão diferentes apenas por que é início de governo.


O QUE DISSE FRANCISCO MACÊDEO, DA EXECUTIVA ESTADUAL DO PSOL:
squecendo que o estágio desenvolvimento técnico, cientifico, econômico e social do Brasil ou da Amazônia não é necessariamente contraditório com o sistema capitalista, ele precisa das áreas periféricas, dos fornecedores de commodities, e nosso papel, ou como gostam alguns, “nossa vocação”, na ordem capitalista é esse.

Então nossa oposição é programática, não é contra o indivíduo João Salame, mas contra um programa, um sistema que ele representa, se ele for eficiente ou ineficiente no governo dele o sistema continuará forte. Familias sendo despejadas de seus locais de trabalho, privatização de espaços públicos, elevação dos índices de criminalidade, entre outros males.

Todo partido tem um estatuto e um programa, o primeiro rege a organização do partido, o segundo orienta suas ações, é a identidade do partido. O militante é coerentemente quando suas ações políticas são orientadas pelo programa e respeita as regras definidas no estatuto.

Alguns partidos ou alguns filiados a partidos, orientados por uma perspectiva eleitoreira, desrespeitam o estatuto e programa tomando decisões ou ações incoerentes com esses documentos. É importante destacar que um partido não é uma unidade autônoma municipal ou regional, está filiada, a uma concepção de sociedade que da unidade ao partido. Portanto, nossa posição é coerente com nosso programa e a carta foi aprovada considerando as diretrizes estatutárias.

Somos filiados ás teses marxistas, um importante estudioso do capitalismo e seus componentes. Estudos que possibilita compreender esse sistema, que inclusive está em crise em virtude de uma financeirização do capital repercutindo nos países centrais, inclusive repercutindo em nossos consumidores de commodities implicando no nosso sonhado desenvolvimento a partir da venda de minério de ferro. Para sair da crise os capitalistas não fazem milagres, arrocham salários, tiram direitos trabalhistas, exigem diminuição de impostos, etc.

Antes de falar de quantidade de votos é importante compreender que os cargos de prefeito ou de vereador não representam o poder, é parte do poder. São instâncias importantes, mas é parte, há outras instâncias a serem mobilizadas, e o poder de pressão não é exclusivo do legislativo, nem mesmo de instâncias institucionalizadas. Quanto ao resultado eleitoral isso não nos abala, temos maturidade para compreendermos o atual momento histórico, continuaremos firmes em nossos princípios, nossas diretrizes programáticas. O líder da revolução chinesa dizia que a paciência é uma virtude revolucionária. Não a paciência cômoda, de simplesmente esperar, mas aquela que te orienta a tomar os passos certos a cada momento, de construir sólidas bases de um projeto. Por outro lado, Marx dizia sobre a perspectiva de uma identidade de classe dos trabalhadores e de uma revolução social, que deveria haver as condições objetivas e subjetivas. As objetivas corresponde as dificuldades concretas, seja falta de trabalho, baixo salário, falta de moradia, atendimento precário à saúde, violência, etc. As condições subjetivas corresponde ao sentimento de identidade de classe, de perceber que os trabalhadores do setor siderúrgicos demitidos em Marabá é fruto do mesmo sistema que demite trabalhadores na Grécia, Espanha, Portugal ou que privatizou o ensino no Chile, este sentimento de unidade, implicaria na identidade de classe, atendendo o chamado de Marx no Manifesto do Partido Comunista, Trabalhadores do mundo, Uní-vos.

Então as eleições correspondem a um meio, não um fim em si mesma. Seguiremos firmes como lutadores sociais por uma sociedade justa, fraterna, harmônica e feliz. É nossa oposição é programática, entramos em cena vigilantes e coerente.
Francisco Macedo PSOL DIRETÓRIO ESTADUAL

O QUE DIZ O PROFESSOR AURISMAR:

Meu caro Laércio,
Somente agora vi essa postagem cuja personagem principal sou eu. Ribamar sabe que se não estou filiado ao PSOL foi por atitude rasteira de alguém do Partido dos Trabalhadores. Na época de minha filiação ao PSOL, eu era então filiado ao PT. Meu requerimento pedindo a desfiliação deste, nunca saiu da gaveta de quem o recebeu. Militei no PSOL há quase cinco anos, talvez Ribamar não se lembre disso porque foi na época em que ele estava sendo assessor de um certo prefeito petista (o partido da Dilma, do Lula e dos mensaleiros que ele tanto abomina). Meu nome aparece na lista dos filiados do Partido Socialismo e Liberdade, porém de fato eu filiado não sou. Descobri isso agora nas últimas eleições quando se cogitava meu nome como candidato daquele a vereador pelo partido para fortalecer a campanha dos demais. Não tenho nenhuma pretensão de efetivar minha filiação a esse partido como já tive um dia. As pessoas que estão a frente dessa legenda, já mostraram para que vieram - acabar de vez com a pretensão de se construir esse partido aqui em Marabá.

Um grande abraço, parabéns pelo blog.

O QUE DIZ A INTERNAUTA SUZANE ROCHA:

Sinceramente, não entendo o que se passa na mente de muita gente em Marabá.
Passamos quatro anos na pior situação que já pude ver em Marabá e convenhamos, os políticos de Marabá ficaram de braços cruzados até a derrota do ex-prefeito nas ultimas eleições, pois caso não fosse assim, ele não teria terminado o mandato na prefeitura.
Agora, nem um mês de governo, já tem gente se armando contra o João Salame? Vejo isso como um absurdo.
Politica é politica mesmo...
Se todos os políticos de Marabá se unissem para pelo menos tentar arrumar a bagunça feita pelo Sr. Maurino e Cia, teríamos uma cidade melhor com certeza.
Independente de partido, deveria existir uma vontade maior de organizar essa cidade.
Vejo as reportagens, leio os blog´s da região, tenho visto as propostas do Prefeito.
O que tem de errado???? Apoio totalmente cada palavra do autor do blog quanto ao caso.
E ainda mais, já fica certo que não tem meu voto e de quem eu puder convencer a não votar em pessoas que fazem oposição ao que nem bem começou ainda...


P.S: Aos Srs um conselho: Que tal começar a trabalhar? Mas trabalho de verdade mesmo.
Nada segue em frente com uns tentando caminhar e outros puxando atrás.
 

CHOCOLATE DE ÁGUIA. A CULPA É DE QUEM?

O Águia de Marabá pegou um chocolate do Paysandu em sua terceira partida pelo Parazão 2013, realizada neste domingo (20/01): 5 x 2. No final do jogo, Galvão (o João Bocão), disse que a culpa não foi da diretoria e tampouco dos jogadores. O que será que ele quis dizer com isso? Só falta dizer que a culpa foi dos torcedores. É ruim, hein!

Ainda bem que o Atorres, autor da charge acima nos brinda no final das contas com um pouquinho de humor. É rir pra não chorar.

SEJA BEM VINDO, PROFESSOR

O professor Aurismar Lopes Queiroz, servidor público municipal e blogueiro de primeira hora, é o mais novo seguidor (47) de nosso blog. Pessoa sempre antenada com os assuntos pertinentes à educação, especialmente os que ocorrem aqui em nosso município, Aurismar só enriquece a nossa lista de seguidores. Seja bem vindo, professor.

domingo, 20 de janeiro de 2013

MENSALINHO NO GOVERNO MAURINO

É o fim da picada! Se ficar comprovada a denúncia recente, veiculada na Imprensa de Marabá, de que havia até uma espécie de mensalinho na administração do ex-prefeito Maurino Magalhães, honestamente, não vai faltar mais nada para colocar sua gestão no rol das piores, em 100 anos de emancipação político-administrativa.
O assunto já está gerando o maior bafafá pela cidade e teria vindo à tona através do prefeito João Salame (PPS). na última sexta-feira (18/01). Segundo afirmou, existia um ‘mensalinho’ no governo anterior e uma lista que chegou às suas mãos dá até os valores que alguns vereadores recebiam, alguns deles alto em torno de R$ 40 mil.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

O MAURINO QUE SE CUIDE

A polícia prendeu ontem (15/01) sete ex-prefeitos no Estado do Espírito Santo, acusados de desvio de dinheiro público. Será apenas coincidência o fato de Maurino, o ex-prefeito de Marabá, ser também um capixaba? Ele que se cuide!

domingo, 13 de janeiro de 2013

LINDA E MODERNA

Com a tinta ainda fresquinha, a logomarca do governo João Salame é de muito bom gosto. Cores e linhas bastante modernas. A cara da cidade com que todos nós sonhamos. Parabéns.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

A SENSATEZ DO ADIR CASTRO

Tenho acompanhado com certo desagrado os comentários ferinos de alguns psolistas - muitos deles amigos meus - sobre o governo do prefeito João Salame - hoje, é bom que se diga, com apenas dez dias de iniciado. Defendo e reputo como salutar a crítica, mas refuto com veemência a oposição irresponsável, aquela fundamentada no rancor vil ou na despeita repugnável. O PSOL é um partido de causas nobres e mantém em suas fileiras pessoas sérias, que não comungam, penso eu, com a postura equivocada e reprovável de alguns que se dizem filiados.
Em uma de suas últimas assembleias, a executiva municipal da legenda, em Marabá, decidiu que vai fazer oposição à administração de João Salame. Depois disso, muitos ditos psolistas passaram a destilar seu veneno contra o novo governo em comentários maldosos na Internet.
Felizmente, há no PSOL de Marabá ainda muitos que têm maturidade suficiente para entender que criticar um governo que mal começou é precipitação irresponsável. Um exemplo de tal maturidade está no comentário equilibrado do empresário e blogueiro Adir Castro, deixado no Contraponto & Reflexão de Ribamar Ribeiro Júnior, o qual reproduzo aqui.

Eis o que diz Adir:

"[...] as pessoas estão tão frustradas com Tião e Maurino, que elas estão apostando todas suas fichas no novo governo. Por isso elas não admitem, por enquanto, críticas a esse novo governo. [...] Eu também acho prematuro e precipitado fazer críticas ao novo governo, que ainda nem fez um semestre de atuação. As críticas e os críticos, nesse momento, serão todos rechaçados, por causa dessa expectativa. Sem contar que os críticos correm risco de se tornarem antipáticos, mesmo depois de comprovado que estavam certos em suas críticas. É bom deixar o novo governo ultrapassar os seis meses para se poder apontar alguma falha, se ela existir. Vai que ele se sai bem nesse primeiro e segundo semestre?! E aí, com que cara ficarão os críticos". (grifo nosso).

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

SALAME COMEÇA PAGAR ATRASADOS

Está  no boletim informativo da Prefeitura Municipal de Marabá a notícia de que o prefeito João Salame começa a pagar nesta quinta-feira (10/01) parte do salário atrasado do funcionalismo - apenas um dos itens da herança maldita deixada por seu antecessor, Maurino  Magalhães.

Eis o que diz a ASCOM.

Dando o tom de como vai conduzir seu governo, o prefeito João Salame deixou claro na reunião que teve ontem com as coordenações dos sindicatos dos servidores Educação (Sintepp), Saúde (Sintesp) e do Município (Servimar) que não vai permitir a farra de contrações de comissionados e que vai cortar na própria carne, se necessário, para equacionar as contas da prefeitura e manter a governabilidade. Ele garantiu aos sindicatos que vai pagar os salários atrasados e também o vale alimentação, mas ressaltou que vai fazer isso de forma escalonada para que não haja o engessamento da máquina e áreas essenciais sejam prejudicadas, como a saúde.
O prefeito pediu aos sindicalistas que ajudem nesse momento, ressaltando que atitudes radicais podem comprometer a funcionalidade, se reportando a discussão quanto às ações judiciais que os sindicatos entraram pedindo o bloqueio das contas da prefeitura ainda na gestão passada. Ele observou que à época a atitude era necessária porque não havia qualquer manifestação do governo, coisa bem diferente de hoje quando há, de sua parte, todo o interesse em sanar os problemas.
“Sou aberto ao diálogo e quero resolver, junto com vocês, esses problemas. Por isso, peço que avaliem essa situação”, ressaltou Salame ante a informação dos sindicatos que a decisão da Justiça sobre o bloqueio pode sair a qualquer momento.
No geral, os sindicalistas entendem que a dívida deixada pela gestão passada é grande. Só com servidores somam quase R$ 50 milhões. Algumas situações requerem uma solução mais imediata, como é o caso do vale transporte. É que alguns servidores já estão faltando serviço porque não têm como se locomover.
Em comum acordo com os sindicatos ficou definido a liberação de uma parcela do benefício nesta quinta-feira, já que existem duas atrasadas. No caso do vale alimentação, que já são oito meses atrasados, o prefeito sugeriu e todos concordaram que se faça uma parceria com os supermercados para liberar crédito aos servidores, dando preferência aos cargos de ensino fundamental e médio, que ganham menos.
Quanto a Educação, ele garante que pagará já o mês de janeiro até o dia 20 e, que se os recursos que entrarem esse mês nas contas da prefeitura forem suficientes, ele pagará também o mês de dezembro.
Uma nova reunião foi marcada para a próxima segunda-feira, dia 14, para que seja discutido com mais detalhes, já com base nos números da arrecadação municipal, uma vez que os maiores volumes de recursos entram nas contas da prefeitura no dia 10 de cada mês.
Ele informou ainda que até quarta-feira estará emitindo decreto suspendendo todos os patrocínios e convênios, por um período de 6 meses. João Salame adiantou também que vai criar um fundo para se prevenir contra os efeitos da enchente e criar um fundo de reserva de 1/12 mensal para garantir o pagamento do 13º salário dos servidores