Foto: Tuerê



Ocorreu um erro neste gadget

NOTAS SOBRE:


"A maior necessidade do mundo é a de homens; homens que não se comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus" - Ellen G. White.



terça-feira, 25 de setembro de 2012

VEREADORES VETAM INVESTIGAÇÃO CONTRA MAURINO

Na sessão desta terça-feira (25/09), numa clara manobra orquestrada por vereadores da base aliada de Maurino e de seu adversário político, Tião Miranda, caiu por terra a proposta da instauração de uma comissão processante para investigar o prefeito de Marabá, acusado de infração político-administrativa por  não pagar há quase cinco meses o vale-alimentação do funcionalismo municipal.
Depois de tentarem por várias vezes, sem sucesso, retirar a proposta de pauta, os aliados de Maurino decidiram inviabilizar o prosseguimento da denúncia, protocolada na semana passada, pelo servidor Francisco Pereira Neto.
Para instauração da comissão processante era necessário o voto de pelo menos nove parlamentares.
Estavam fechados para vetar a proposta seis vereadores: Miguelito, Vanda Américo, Alécio da Palmiteira, Antônio da Ótica, Ronaldo Yara e Ronaldo da 33.
Na sessão desta terça, Irismar e Ismaelka não estavam presentes. Assim, se pelo menos três do G-6 (o grupo dos seis aliados) votassem contra, os outros poderiam até votar a favor que a proposta seria vetada. Foi o que aconteceu. Miguelito, Alécio da Palmiteira, Antônio da Ótica e Ronaldo da 33 votaram contra. Vanda Américo e Ronaldo Yara se disseram favoráveis a que a denúncia fosse acatada, desde que ela não atingisse o vice-prefeito, Nagilson Amoury.
Como o processo implica em que o denunciado seja afastado do cargo, a inclusão de Nagilson, no entendimento de Vanda, iria resultar na volta do presidente da Câmara, no caso, Nagib Mutran, à cadeira de prefeito. Para a vereadora, tal situação seria desfavorável a seu candidato a prefeito, Tião Miranda, já que o PMDB de Nagib apoia o candidato do PPS, João Salame, principal adversário de Tião nas eleições deste ano.
Vanda fez questão de deixar isto claro às pessoas presentes à sessão. Mas foi rebatida por Nagib, que  tratou tal ideia como fantasiosa e explicou que, segundo ele, não poderá assumir a preefeitura, como supõe a vereadora, uma vez que é candidato a vereador nas eleições deste ano.

DISCURSOS ÀS AVESSA NA CÂMARA

Os discursos viraram pelo avesso na sessão desta terça-feira (25/09), na Câmara Municipal de Marabá. Vereadores que antes atacavam o prefeito Maurino, tachando-o de péssimo gestor, viraram a casaca e só faltaram  elogiá-lo.

"E  podem procurar na história. Teve prefeito pior que o Maurino Magalhães para servidor".

Alguém seria capaz de supor que a frase acima é de autoria da vereadora Vanda Américo, a mesma que se afigurou ao longo de todo o seu mandato como a mais ferrenha opositora de Maurino, chamando-o muitas vezes de "demagogo" e "populista", entre outros adjetivos?

Pois é: Vanda, curiosamente, se posicionou a favor de Maurino na sessão desta terça, quando era debatida a proposta de instauração de uma comissão processante para investigar o prefeito, acusado de infração político-administrativa, por não pagar há quase cinco meses o vale-alimentação dos servidores.

O clima chegou a ficar tenso durante a sessão, com acirrado bate-boca entre Vanda e o presidente da Casa, Nagib Mutran.

No final, vereadores da base aliada de Tião Miranda e Maurino se uniram para vetar a proposta. E conseguiram com quatro votos contrários, impedindo que a denúncia, que precisava da aprovação de pelo menos nove vereadores, fosse levada adiante.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

TIBIRICA QUASE INFARTA NA CÂMARA

O folclórico artista plástico marabaense, Félix Urano Gama, popularmente conhecido pelo apelido carinhoso de Tibirica, indignado com o tratamento que a administração municipal vem dando aos servidores do município, teve um ataque de nervos na tribuna da Câmara, utilizada por ele na sessão da última terça-feira (18/09). Tibirica falava para um plenário lotado de manifestantes, em greve desde a semana passada, e que tinham ido ao prédio do Poder Legislativo para acompanhar a votação do pedido de instauração de uma comissão processante contra o prefeito Maurino Magalhães. A proposta não foi adiante porque sete dos 13 vereadores simplesmente não compareceram à sessão. A situação, obviamente, deixou o artista plástico ainda mais eufórico.
Por várias vezes, ele bateu na mesa e teve que ser retirado da tribuna porque não queria mais parar de falar.
Consta que Tibirica está sofrendo de problemas psicóticos. Seja como for, ele deu o seu recado. Veja o vídeo abaixo.
video

sábado, 15 de setembro de 2012

TIÃO E CÉSAR NÃO VÃO A DEBATE

O encontro promovido pelo Sintepp, entre os 5 candidatos a prefeito de Marabá, para debater as propostas de cada um à educação, lotou o plenário da Câmara de Vereadores na noite deste sábado (15/09). Como alguns já previam, Tião Miranda (PTB) não compareceu. O candidato César do Comércio (PRP) também não.
Durante o debate, os simpatizantes dos prefeituráveis fizeram grande barulho, sobretudo os que acompanharam Maurino Magalhães (PR) e João Salame (PPS). A cada pronunciamento, aplausos e também vaias.
Os candidatos responderam a 5 perguntas escritas pelos servidores da educação e selecionadas em sorteio em que foram descartadas aquelas tidas como direcionadas.
No encontro, os enfrentamentos foram polarizados por Maurino e Salame, com críticas e indiretas de um para o outro o tempo todo. Por exemplo, Maurino, em determinado momento, fez provocação, dizendo que ele construiu seis escolas na zona rural e bem que o deputado poderia dizer que emendas ele conseguiu para as localidades do interior. Salame deu troco. Citou algumas de suas emendas e mandou o Maurino explicar o que aconteceu com o recurso que ele conseguiu para a aquisição de uma ambulância para a Vila São Raimundo. O dinheiro, segundo Salame, foi depositado na conta da prefeitura às 16h35 do dia 15 de dezembro de 2011, mas a ambulância até hoje não foi comprada.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

LINK-SE SE QUISER

A partir de hoje, vamos passar a apresentar em nossa página algumas postagens apenas com links em lugar de longos textos. Assim, o blog fica mais enxuto e dinâmico, dispensando a perda de tempo com a rolagem da página e, de certa forma, facilitando a vida dos leitores mais apressados. As postagens com os links aparecerão com o título LINK-SE QUISER, ou seja, esta é a dica para quem desejar ver o conteúdo completo.

SERVIDORES DÃO ULTIMATO À PREFEITURA
Terça-feira, 11 de setembro. Este é o prazo que os mais de nove mil servidores municipais deram para que a Prefeitura de Marabá regularize a situação do vale-alimentação.

ELEITORADO MARABAENSE CRESCEU MAIS DE 8%
O número de eleitores saltou de 133.564, em 2010, para os atuais 144.248 eleitores (números de julho de 2012).

DENÚNCIAS DE PROPAGANDA IRREGULAR EM MARABÁ
No afã de conquistar o voto, candidatos não estão respeitando a legislação eleitoral.

EX-PREFEITO DE ITUPIRANGA CONDENADO
Adécimo Gomes (PSDB) foi condenado sob a acusação de improbidade administrativa. Na sentença, publicada na última segunda-feira (03/09) a juíza Nair Cristina Corado determina o pagamento de multa e suspende os direitos políticos do ex-prefeito por cinco anos. Ele vai recorrer.

CRESCE O NÚMERO DE GESTANTES COM HIV EM MARABÁ

ACIDENTE MATA DEZENAS DE ANIMAIS DA REVEMAR

MARABAENSE CONQUISTA MEDALHA DE OURO EM LONDRES